Informações úteis

Benefícios na utilização de cristais

Desde tempos imemoriais que a humanidade utiliza cristais e outras pedras preciosas imbuídas de poder.

Xamãs, curandeiros e sacerdotes utilizavam os cristais como poderosos auxiliares nas suas práticas e rituais religiosos e de cura. Reconheciam o seu poder e propriedades terapêuticas e eram detentores duma sabedoria ancestral no manuseamento destes maravilhosos minerais.

Essa sabedoria, adormecida por séculos, despertou nas últimas décadas e “redescobriu-se” todo o potencial dos cristais, ficando este saber disponível a quem se sente atraído por eles.

Os benefícios obtidos da sua utilização são muitos.

Os cristais têm várias propriedades como a de ampliar, transformar, reflectir, absorver, transmitir, bloquear, harmonizar, equilibrar, energizar, e outras…

Colaborações que podemos obter dos cristais:

– Ajudam na meditação, acalmando a mente e ampliando as nossas percepções
– Harmonizam energeticamente pessoas, animais, plantas, ambientes
– Absorvem e transmutam energias nocivas / ampliam e transmitem energias sadias
– Auxiliam a cura dos corpos (físico e espirituais) e conservam os corpos saudáveis
– Despertam e sintonizam a consciência dos vários centros (chakras)
– Poderosos aliados noutras terapias, como a regressão, reiki, relaxamentos
– Consentem serem programados para várias finalidades como curar, energizar, limpar, ampliar, eliminar, etc

Pode simplesmente contemplar a beleza dum cristal, ou usa-lo como adorno, ou obter a sua ajuda numa meditação, mas o certo é que, seja qual a utilização que lhe der, ele estará a auxiliar com a sua energia, a sua luz e a sua vibração.

Escolher o seu cristal

A escolha mais acertada é a que é feita intuitivamente pois o subconsciente leva-nos a escolher o cristal que nos ajudará naquele momento.

Os cristais brutos, rolados ou lapidados têm a mesma energia, porém, quanto mais pura a sua energia, melhores resultados conseguirá com ele. Essa pureza é avaliada sentindo a vibração do cristal em contacto com a mão, por exemplo.

Aconselho a escolher o seu cristal pelo “sentir”. Coloque o cristal na mão e sinta a energia que irradia, como ele “faz cócegas” ou como aquece na sua mão. A beleza exterior é secundário, contudo, também conta pois um cristal belo de se ver instila-nos paz e bem-estar.

Se a escolha tiver que ser feita pela visão, como no caso de uma compra por internet, sente-se confortavelmente à frente do ecrã, de preferência sem interferências de pessoas ou barulhos. Olhe para o ecrã de olhos semicerrados e vá percorrendo as imagens. Quando uma imagem lhe chamar a atenção, o seu cristal está escolhido!

Se for um cristal para ser utilizado em contacto com a pele, poderá gostar mais de um que seja rolado, que é mais suave. Um cristal bruto é o ideal para colocar numa mesa ou num vaso, ou até no jardim de casa. Os lapidados geralmente são usados em jóias.

Limpeza & Energização de Cristais

A água como método de limpeza pode danificar alguns cristais, oxidando-os, dissolvendo-os ou tornando-os baços.

Pode-se dizer com segurança que o quartzo é um dos cristais que pode ser limpo com água e sal sem ser danificado. No entanto, bastam uns 15 minutos de imersão em água e sal grosso, e depois uma passagem por água corrente para o limpar.

No caso dos outros cristais, os métodos de defumação, drusas, selenites, terra, vibração ou reiki são muito boas. Também pode usar o spray “Pure Krystal” de crystal in yOu.

 

Limpeza dos cristais:

Defumação: Escolha um bom incenso natural, sem químicos, acenda e passe todas as faces do seu cristal pelo fumo do incenso, visualizando que o seu cristal está a ser limpo e todas as impurezas estão a ser levadas pelo fumo.

Drusa: Coloque o seu cristal em cima duma drusa durante uma noite. Assim, além de limpar o seu cristal, estará a energizá-lo também.

Selenite: Coloque o seu cristal à frente da ponta de uma selenite, ou em cima de selenite. A selenite absorverá todas as impurezas do seu cristal, transformando-as.

Terra: Enterre o seu cristal por 24 horas. Está a limpar e energizar ao mesmo tempo.

Vibração: Tocando um gongo ou uma taça tibetana, deixe que as vibrações envolvam o seu cristal. As vibrações vão limpar o seu cristal e energizá-lo ao mesmo tempo.

Reiki: Coloque o seu cristal nas suas mãos e aplique-lhe Reiki, visualizando a sua limpeza. Poderá também energizá-lo desta forma.

Spray “Pure Krystal”: Vaporize uma ou duas vezes a uma distância de +/- 80cm por cima dos cristais, deixe cair naturalmente e ficar até secar. Este spray também energiza o cristal. (Produto exclusivo “crystal in yOu”).

 

Energização de Cristais

Além das atrás referidas (Reiki, vibração, drusa, terra e spray “Pure Krystal”) poderá deixar o seu cristal à luz do Sol por uma hora (muito sol pode fazer com que alguns cristais percam a sua cor) e também à luz da Lua.

 

A escolha é sua! 🙂

Programar o cristal

Programar o cristal que vai utilizar é muito importante.

Sente-se calmamente com o cristal nas mãos por uns momentos até se sintonizar com ele, sentindo-o.

Mentalmente declare qual a sua intenção, como por exemplo, “peço que trabalhes comigo, para o meu bem (ou bem de fulano tal), nesta sessão e futuras”. Ou pode ser mais específico e dizer “peço que trabalhes com o objectivo de curar/equilibrar/proteger/obter”, e especificar o que quer curar, proteger, etc.

Esta conversa mental deve ser repetida algumas vezes para imbuir o cristal com a sua intenção, ancorando a sua instrução nele.

Quando o objectivo tiver sido alcançado, convém desprogramar o cristal, bastando para isso limpá-lo (ver métodos de limpeza) e energizá-lo. Ficará pronto para outra utilização.

Usar cristais como decoração & adorno

Existem várias maneiras de usufruir da energia dos cristais, utilizando-os como decoração e adorno.

Centros decorativos – Imagine que vai organizar um jantar em casa. É uma boa oportunidade para fazer um centro de mesa com calcita laranja, que vai irradiar uma energia de alegria. Se vai se dedicar a um trabalho criativo, tome por companhia uma cornalina que lhe transmitirá uma energia de criatividade.

Cristais à entrada de casa – A entrada da casa é também a entrada de energias dissonantes. Use, por exemplo, um aquário de cristais de ametista e quartzo rosa, que irá limpar, transmutar e harmonizar a energia do ambiente. Pode também colocar um vaso com uma planta e cristal rocha à volta, na terra.

Jarras de cristais – Uma jarra decorada com cristais e outros artigos (p.ex. conchas, fios, penas, etc) na sua secretária de trabalho é uma peça linda e útil. Pode utilizar cristais como o quartzo fumado, a turmalina negra, diamante herkimer e o cristal rocha que são excelentes a bloquear a poluição electromagnética do seu computador, telemóvel, modem, etc…

Bijutaria – Usar um colar, pulseira, anel ou brincos é uma forma elegante de usufruir das propriedades fantásticas dos cristais.

Orgonite

O termo “orgonite” tem a sua origem no trabalho de Willhem Reich, o primeiro cientista a provar a existência da bioenergia e a capacidade de a acumular com camadas alternadas de material orgânico (que atrai a energia) e metal (que reflete a energia). As orgonites modernas são produzidas também com cristais, que modulam a energia. O cristal dentro das orgonites, submetido à pressão da resina, geram um campo eléctrico que potencia a orgonite.

A orgonite é um transformador e gerador de bioenergia composto de metais, cristais e um componente orgânico (a resina). Ela transforma a energia “doente” numa mais harmoniosa, melhorando a energia do espaço envolvente.

Pode ser utilizada perto da poluição electromagnética de modo a bloquear os seus efeitos nocivos (p.ex. computador, wireless, tv, telemóveis, etc).

Também pode ser utilizada para energizar espaços, pessoas, animais, plantas.

x

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.

Aceitar Recusar Centro de Privacidade Configurações de Privacidade Saber mais sobre a nossa política de cookies